Seis Sigma: entenda o que é e para que serve

Seis Sigma é um conjunto de práticas que visam melhorar sistematicamente os processos ao eliminar defeitos. Essa metodologia é quantitativa, estruturada e disciplinada, e tem como objetivo a redução de custos, otimização de processos e a satisfação do cliente.

BMS Tecnologia
Atualizado em

No conceito Seis Sigma, a qualidade é um fator imprescindível em qualquer segmento industrial. O valor agregado ao cliente é essencial na entrega final, seja ela um serviço, uma consultoria, um projeto ou produto.

Inspirada e em sintonia com o Lean Manufacturing, o Seis Sigma é uma outra metodologia Lean focada para extrair o máximo possível de qualidade das empresas.

O que é o Seis Sigma?

Seis Sigma é um conjunto de práticas que visam melhorar sistematicamente os processos ao eliminar defeitos. Essa metodologia é quantitativa, estruturada e disciplinada, e tem como objetivo a redução de custos, otimização de processos e a satisfação do cliente.

Qualquer tipo de negócio pode aplicar o Seis Sigma. Isso ocorre porque suas práticas não se limitam a trabalhos complexos e abrangem uma ampla variedade de possibilidades. Ajudando assim a reduzir o Lead Time dos processos.  

A metodologia baseia-se em estabelecer metas e criar estratégias para alcançá-las. Para isso, coletam-se e analisam-se dados, implementando melhorias contínuas e buscando aperfeiçoamento constante.

Toda vez que um objetivo traçado for alcançado, o processo recomeça, trançando novas metas e buscando atingi-las. E esse ciclo este inspirado no método DMAIC:

Definir: quais são as metas?
Mensurar: qual o nível dos processos atuais em relação as metas?
Analisar: quais falhas impedem que os processos atuais atinjam as metas?
Incrementar: quais melhorias são precisas para atingir as metas?
Controlar: monitoramento das melhorias implementadas.

Mas agora, vamos ao Seis Sigma, aliás, qual o porquê desse nome?

infográfico do método DMAIC:
retirado de coutoperformance.com.

 

>>Leia também: Just in Time: conceito, aplicação e cuidados

Níveis do Sigma

Como foi citado acima, a metodologia é quantitativa. Seu nome faz referência a letra grega, “Sigma”, que representa uma medida de variação estatística.

O sigma vai representar a frequência com que os defeitos acontecem, e a busca pelos 99% de perfeição.

Nisso, o Sigma se divide em seis níveis, vejamos:

1 Sigma: o primeiro nível representa uma taxa de 30,85% de sucesso, sendo uma taxa muito baixa e considerada inaceitável.

2 Sigma: o segundo nível representa em torno de 69,15% de sucesso. Pode parecer uma porcentagem alta, mas se usarmos de exemplo uma cirurgia que teve sucesso em 69% dos casos, e no restante resultou em complicações, você se arriscaria?

3 Sigma: o terceiro nível apresenta 93,32% de sucesso, se tornando aceitável. Entretanto, no conceito de indústria, se de um milhão de produtos, sessenta e seis mil e oitocentos apresentarem defeito, o índice de perda e desperdício ainda é muito alto.

4 Sigma: nesse nível seriam seis mil duzentos e dez falhas em um milhão, ainda representa um alto índice de erros, mesmo com a taxa de 99,38% de sucesso.

5 Sigma: o quinto nível apresenta 99,997% de sucesso, apresentando cerca de duzentos e trinta produtos com falhas entre um milhão, sendo esse um número muito mais compreensivo de erros.

6 Sigma: no entanto, no nível final, o famoso Seis Sigma, a taxa de sucesso alcançada é de 99,99966%, totalizando cerca de três falhas em um milhão, estando, assim, consideravelmente perto da perfeição.

deposito de fábrica

>> Leia também: Kanban: o que é esse método e como ele funciona?

Como aplicar a metodologia?

Para aplicar essa metodologia na sua empresa você irá seguir os passos do DMAIC de forma aprofundada.

Vamos relembrá-los:

Primeiro passo: definir

O primeiro passo é ter uma clara compreensão das expectativas em relação ao projeto. Em segundo lugar, saber os passos da execução, os envolvidos e as etapas de implementação. Além disso, ter o cuidado de garantir que todas essas informações estejam bem alinhadas, a fim de evitar que as etapas subsequentes se percam.

Segundo passo: mensurar

Nessa etapa, a quantidade e qualidade dos dados disponíveis serão unidas para definir indicadores e encontrar informações importantes.

No entanto, é importante ressaltar que apenas dados relacionados ao projeto atual devem ser inclusos nessa etapa.

Terceiro passo: analisar

O próximo passo é a análise das informações adquiridas.

Aqui será possível encontrar os problemas existentes na empresa, considerar as possíveis causas e já começar a pensar em estratégias para solucioná-las.

Quarto passo: incrementar

Analisadas as informações e identificadas as possíveis causas, está na hora de propor incrementos para melhorar os processos.

Assim, um novo mapa contendo as propostas de inovações será criado, de modo que que as melhorias sejam de fato implementadas.

Esse processo pode durar um longo período, pois é preciso ser feito com calma, ser bem articulado e conter propostas reais para que sejam obtidos bons resultados.

Portanto, tenha calma ao implementar essa metodologia e não pule etapas. Desenvolva cada um dos passos de forma precisa e correta para que a metodologia atinja o efeito esperado.

Quinto passo: controlar

A última etapa da implementação do Seis Sigma é o controle dos processos para verificar a efetiva aplicação das melhorias e se estão gerando os resultados definidos.

Para controlar com firmeza e precisão os processos e avaliar os resultados das melhorias aplicadas, você pode contar com um software que tenha monitoramento em tempo real e que dê visibilidade geral dos processos, como a plataforma Manufatura 360.

Nessa etapa é importante também avaliar se as melhorias estão sendo realizadas da melhor maneira possível, investir em treinamento dos colaboradores é uma boa forma de garantir eficiência nesse passo.

Por último, quando as metas traçadas forem alcançadas e mostrarem resultados, reinicie o projeto. Trace novas metas, analise quais melhorias podem ser impostas, em que áreas a empresa pode oferecer mais e melhorar.

linha de montagem de carros

Chegue cada vez mais perto da perfeição!

Seguindo o passo a passo de forma precisa, adaptando as informações para o perfil da sua empresa e se familiarizando cada vez mais com essa metodologia, você está rumo a perfeição, e em breve irá alcançar o nível Seis Sigma.

Garanta ainda mais a qualidade do seu serviço, projeto ou produto, invista em uma plataforma que automatize todas as etapas, te dê visibilidade total dos processos, te ajude a reduzir custo e diminua os desperdícios, fazendo da sua empresa um lugar mais eficiente e produtivo.

Todas essas características e muitas outras mais, você encontra no Manufatura 360, a plataforma mais completa do mercado, que te auxilia desde a matéria-prima aos decisores!

Acesse nosso site e fale com um de nossos especialistas para saber mais.

>> Leia também: Diagrama de Gantt: o que é e para que serve

1 Comentário

thanks for info

Responder

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados *

pt_BRBR
en_USEN es_ESES pt_BRBR

Quer conhecer mais sobre nossas soluções?

Entre em contato com um de nossos especialistas

Qual é a sua Função?

Gerente de Produção

Gerente de Segurança

Gerente de Recursos Humanos

Outros

Qual setor de atuação de sua empresa?

Indústrias em geral

Construção civil

Manutenção

Outros

Quando gostaria de implementar as nossas soluções?

Em menos de 1 mês

2 a 3 meses

acima de 4 meses

Selecione qual das nossas soluções é de seu interesse.

Manufatura 360

BMS ONe

BMS Integração